Notícias Militares

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Apoio ao Gen Heleno se amplia





Calaram fundo as manifestações do general Augusto Heleno, comandante militar da Amazônia, criticando a política indigenista do governo. Em vários estados, surgem adesivos em pára-brisas em apoio ao militar, inclusive com insinuações eleitorais. Em Manaus, um adesivo com a bandeira brasileira ao fundo manifesta apoio a ele e, no Paraná, o leitor Rômulo Nogueira, de Brasília, fotografou um carro com o vistoso adesivo "Estou com o gal. Heleno e não abro!". O comandante militar fica encabulado com tudo isso e até preocupado, porque, afinal, conforme afirmou a esta coluna, jamais teve pretensões políticas. E continua sem elas.

7 comentários:

Anônimo disse...

Lamentável que o General Heleno não deseje visibilidade política.


Seria um gigante como Presidente da República.



os demais generais( minúsculos), só se prestam para lamber convenientemente o trazeiro desse maldito aloprado, que nos encaminha pro fundo do poço.

O Brasil zéfini!!!!!

ALBERTO FIGUEIREDO disse...

Heleno! Bota essa bichinha para beber água e vê se a cobra fuma e a púa volta a funcionar ou vamos virar uma republiqueta comuna

Anônimo disse...

os generaisinhos(minúsculos), estão relaxando e gozando e apreciando a entrega de Itaipú ao Paraguay?

Anônimo disse...

"Quem não reage rasteja"...

Anônimo disse...

se permanecerem dormindo em berço esplêndido, esse dia chegará antes do que imaginam

no www.bootlead.blogspot.com - à disposição de vocês, a foto do próximo MARECHAL




FALTA POUCO, LOGO ESTAREMOS CHEGANDO LÁ!

Em busca de um pretexto patriótico
por Olavo de Carvalho


Tudo o que os oficiais das Forças Armadas estão esperando para aderirem ao esquema de poder eterno de Lula é o pretexto patriótico.

João Florêncio disse...

DIREITA E ESQUERDA

Tem razão o meu amigo, o sociólogo Ari Carlos da Rocha, quando publicou o seu artigo intitulado "Aniversário 445", em alusão ao aniversário da cidade. Ao enumerar os pontos positivos e negativos da cidade de Guarulhos-SP, foi muito feliz em afirmar que "... não se deixe enganar. A economia é sempre a base de tudo. Não existe mais direita ou esquerda, mais sim o bom senso...".

Diante de tais considerações, em 11 de outubro de 1906, Winston Churchill, em um de seus pronunciamentos, já anunciava ao mundo, um novo entendimento relacionado a tais questões, conforme transcrevemos: "... Não há necessidade de mergulharmos hoje a noite numa discussão sobre a divergência filosófica entre o socialismo e o liberalismo. Não é possível desenhar uma linha precisa e firme separando o individualismo do coletivismo. Não se pode desenhá-la nem na teoria nem na prática. É aí que o socialista comete um erro. Não vamos imitar esse erro. Nenhum homem pode ser apenas um coletivista ou apenas um individualista. Deve ser ambos - um individualista e um coletivista. A natureza do homem é uma natureza dual. O caráter da organização da sociedade humana é dual. O homem é ao mesmo tempo um ser único e um animal gregário.

Para alguns propósitos, deve ser coletivista; para outros, é, e sempre permanecerá sendo, um individualista. Coletivamente, temos um exército, uma marinha e um serviço público cívil; coletivamente, temos os correios, uma polícia e o governo; coletivamente, iluminamos nossas ruas e fornecemos nossa água; coletivamente, entregamo-nos cada vez mais a todas as necessidades de comunicação. Mas não fazemos amor coletivamente, e as moças não se casam conosco coletivamente, e não comemos coletivamente, e não morremos coletivamente, e não é coletivamente que enfrentamos as tristezas e as esperanças, os ganhos e as perdas, neste mundo de acidentes e tempestades..."

Portanto, devemos trabalhar e lutar sempre, para que haja um aperfeiçoamento progressivo do bem-estar social, com estabelecimento de padrões necessários à vida de cada brasileiro, com garantia principalmente ao trabalho, educação, saúde e segurança. Sem isso, não adianta a nomenclatura ou rotulação de sistemas políticos apresentados. O País precisa rever, urgentemente, alguns conceitos da política e dos políticos. ACORDA BRASIL!

joao heleno disse...

presto vassalagem a este cmdt que nao lambe as botas para expressar os seus ideais.comentario feito por ex.tenente heleno.paraquedista...qual a possibilidade de visitar as vossas instalaçoes