Notícias Militares

sábado, 16 de fevereiro de 2008

RESERVAS INDÍGINAS/CLUBE MILITAR...


Porto Alegre,RS, 15 de fevereiro de 2008
RUI GARAVELO MACHADO


RESERVAS INDÍGENAS/CLUBE MILITAR/
CARTÕES CORPORATIVOS
*...entre centenas ...três assuntos...


A cada dia , fico mais pasmado com a enorme quantidade de informações que circula pela Internet.
Só irei – por uma questão de tempo/espaço – me referir à Questão das Reservas Indígenas , aos Clubes Militares e à CPI.

O Cel PÉRICLES , com todo o conhecimento, está divulgando uma série de Artigos/Comentários/Análises/Observações sobre a malfadada Questão dos IANOMÂMIS .
Ele se dedica a esse Assunto há um bom tempo e , por isso , tem um valioso Arquivo a respeito e uma Série de Artigos (de sua Autoria) em que analisa com profundidade as mazelas do trato de Tema tão complexo e que , ao longo dos últimos anos , têm se prestado a canalhices/hipocrisias de uns e outros.
De repente , surgem alguns comentários de outros dedicados Analistas – Civis e Militares – e que dão mais brilho aos Escritos do Cel PÉRICLES , ora cumprimentando-o , ora complementando seus Artigos.
Isso , de per si , já é suficiente para me envaidecer por ser Correspondente de tais analistas ; ocorre , para minha imensa satisfação que alguns foram meus Instruendos em décadas passadas . Claro que não foi essa condição que os fez tão sábios e profundos conhecedores de Assuntos complexos , no entanto , os conheci há muitos anos , não os acompanhei ao longo de suas Carreiras e , agora , no ocaso de minha vida , venho a receber ensinamentos deles .
É uma glória !
A Questão IANOMÂMIS deverá ser aprofundada e discutida – claro que não pelo Congresso eis que não teria capacidade e nem vontade de se dedicar a coisa de tanta profundidade e responsabilidade . Entre os Congressistas deverá ter dois ou três – metaforicamente – que , com enorme esforço poderiam estudar/opinar , entretanto , a esmagadora maioria nem se daria conta da importância do Tema .
Não há como negar :
- é Assunto de Segurança Nacional e de enorme preocupação para os verdadeiros brasileiros.

O segundo Assunto diz respeito ao CLUBE MILITAR ou melhor , aos CLUBES MILITARES (MARINHA, EXÉRCITO e FORÇA AÉREA) .
Como sou sócio do CLUBE MILITAR – há cerca de uns 50 anos- me coloco nas fileiras dos que defendem um CLUBE MILITAR DO TEMPO ANTIGO , isto é , um Clube que não se dedique tão somente aos Eventos Sociais/Desportistas/Culturais e COISAETAL mas , sim , preponderantemente aos INTERESSES DO PAÍS E DA FAMÍLIA MILITAR .
Não há como desconhecer que na História do BRASIL , ao longo de décadas , o Clube Militar teve papel importante , servindo de caixa de ressonância para os MILITARES que não podendo “fazer política” nos Quartéis , se louvavam do seu Clube para a discussão sadia da Situação Nacional em cada época e/ou evento importante.
Agora , salvo algumas Notas – isoladamente e/ou em conjunto com os outros dois Clubes – não se discute com a profundidade e a constância necessárias , por exemplo , a desmoralização/aniquilamento/desaparelhamento das FF AA , o tratamento dispensado aos Militares como se fossem cidadãos de 2ª Categoria , a nomeação de Ministros de Defesa totalmente desvinculados e sem o mínimo conhecimento da Vida Castrense , o tratamento indigno e debochado para com os Vencimentos dos Militares levando-os à condição de miseráveis entre as Carreiras de Estado e de outros Assuntos que deveriam ocupar os Ministérios interessados e à Presidência da República e que , em verdade , só usam (as mencionadas Autoridades) as FF AA para a distribuição de Condecorações/Medalhas/Homenagens para pessoas que não as merecem e/ou as Tropas para trabalhos de 2ª e/ou 3ª Linha .
O Comandante Supremo das FF AA proclama que conhece os problemas dos Navios/Tropas/Aviões e dos Militares por que “... visitou um Forte , fez uma refeição no Veleiro Escola ou viaja no Avião Presidencial...”.
Por favor , não seja debochado.

Por derradeiro : a CPI dos Cartões – como um símbolo de dezenas de antigas e já encerradas CPI(s) – é motivo de escárnio pelos “acordos” entre Oposição e Situação ; algo como “... não me investigue que eu não o investigarei... ou .... se roubei ... você , também , roubou...”.
Os acordos , as indicações dos Membros e do Presidente e do Relator estão a demonstrar que NADA será investigado e , por conseqüência , NADA será apurado , salvo , para tapar o sol com a peneira ; indicarão/acusarão uns pobres/ingênuos Funcionários do 2º e 3º Escalões que serão “bois de piranhas”.
Os verdadeiros beneficiários já estão blindados e protegidos .
Os atuais e os antigos ; desse Governo e do anterior , todos estão e/ou estarão blindados.
Não estamos tratando com gente séria e , por óbvio , não teremos coisas sérias ; se lermos nas entrelinhas das entrevistas e das Notícias de TV(s) e de Jornais fácil será percebermos de que já estão mancomunados e irmanados na imundice dos Cartões – gregos e troianos .

Pobre País .
RUI GARAVELO MACHADO

Um comentário:

Cezar disse...

O estabelecimento de governos civis em nosso País sob a alegação de que vivemos num estado democrático de direito, trouxe a tona os objetivos e o caráter daqueles que se diziam da esquerda e se proclamvam como se fosse a resistência contra o GOVERNO MILITAR, MORALISADOR DAS INSTITUIÇÕES bRASILEIRA.
A ascenção dos governos civis tem demonstrado paulatinamente que a oposição que ascendeu ao poder nutre um sentimento revanchista e a prova disso é a submissão das FORÇAS ARMADAS a um ministro civil e o sucateamento DESTAS.
Jamsis na história do Brasil se ouviu falar de tantos casos de corrupção. Vivemos numa desordem democrática, cujos beneficiados aõ aqules que durante muito tempo, sem o apoio do povo, praticaram toda a sorte de atos contra o Estado, mas que foram beneficiados com muitos privilégios, além da ascenção política calcada num discurso vitimológico onde a verdadeira história dos fatos fora contada por eles.
Até quando assistiremos isso??
Até quando aceitaremos que, sob a legação de que vivemos em uma democracia, alguns políticos pratique toda a sorte de crímes do colarinho branco e seja absolvido pelos pares muito embora hajam provas contundentes de sua culpa?

Já é hora das Forças Armadas despertar e ouvir, sentir que o povo brasileiro não aceita isso que está aí, embora as estatística indiquem o alto índice de aprovação do chefe do executivo.

Dados estatíscos sempre são manipulados.